Sem categoria

Agência Minas Gerais | Governo de Minas anuncia obra e inaugura importantes entregas para a Saúde de Paracatu, Noroeste do estado

Com o objetivo de levar atendimento de saúde de qualidade a todos os mineiros, o Governo de Minas amplia o investimento na infraestrutura dos serviços oferecidos em todas as regiões do estado.

Nesta quinta-feira (4/7), o governador Romeu Zema esteve em Paracatu, no Noroeste de Minas, para anunciar o início da construção da primeira Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. 

O chefe do Executivo mineiro participou da inauguração do hospital municipal infantil e do Posto Avançado de Coleta Externa (Pace) da Fundação Hemominas.

As novas estruturas de saúde irão ampliar a capacidade e a qualidade de atendimento para os moradores de Paracatu e região.

Para o governador, o investimento recorde que vem sendo feito na saúde em Minas está proporcionando que cidades do interior tenham capacidade de oferecer procedimentos e tratamentos de maior complexidade.

 








 
 
   
   

E completou: “até o fim do meu governo, com todas essas ações, esses longos deslocamentos serão somente para caso de transplante de coração, transplante de fígado, alguma cirurgia muito complexa. Nós queremos que 99% dos problemas sejam resolvidos regionalmente”.

Primeira UPA

Com investimentos do Estado de quase R$ 8,8 milhões, o município de Paracatu contará com a primeira Unidade de Pronto Atendimento (UPA), colocando fim a uma demanda antiga da população. 

O anúncio do edital de construção da unidade de urgência foi feito pelo governador Romeu Zema. 

A unidade também vai beneficiar a região, uma vez que Paracatu é referência em saúde para o atendimento de emergência para Bonfinópolis de Minas, Buritis e Riachinho. 

A estimativa é a de que mais de 130 mil pessoas sejam beneficiadas. A UPA de Paracatu vai oferecer serviços de média complexidade em Saúde, ampliando e incrementando a rede de atenção às urgências na região.

Hospital municipal 

Ainda durante entregas para a saúde de Paracatu, o governador acompanhou a inauguração do Hospital Municipal da Criança Dr. Chiquito, com a implementação de pronto atendimento pediátrico e unidade de internação pediátrica. 

Desde 2021 a maternidade (e a partir de 2022 também a UTI Neonatal) funcionavam na estrutura do Hospital Municipal.

Agora, com a inauguração das novas estruturas no Hospital Municipal da Criança de Paracatu, o serviço será oferecido na nova unidade. 

Com o acréscimo do pronto atendimento pediátrico – e, futuramente, a UTI Pediátrica -, a nova estrutura vai permitir o direcionamento dos atendimentos de urgência e emergência em pediatria para uma porta de entrada exclusiva, ampliando a capacidade de atendimento que já havia no local, tanto em pronto atendimento, como também em enfermaria pediátrica. 

De acordo com o superintendente de administração hospitalar do Hospital Infantil de Paracatu, Vinicius Biulchi, a nova unidade representa um alívio na saúde infantil da região, já que terá capacidade de realizar cerca de 7 mil atendimentos pediátrico por mês.

“Esse novo hospital vai atender crianças desde o nascimento até atendimento de urgências e emergências, suprindo a nossa maior demanda  da região Noroeste, que é o atendimento pediátrico, principalmente na parte respiratória. Equipamentos modernos, adquiridos com apoio do Governo de Minas, também fazem parte dessa nova realidade” conta.

Valora Minas

Atualmente, o Hospital Municipal é beneficiário da política estadual Valora Minas, que tem como foco os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). 

O Valora Minas tem o objetivo de qualificar, ampliar o acesso, e responder às demandas e necessidades da população mineira. 

A secretária-adjunta de Estado de Saúde, Poliana Cardoso Lopes, reforçou a importância do programa para o avanço da infraestrutura dos hospitais mineiros e detalhou o aumento no investimento realizado no Noroeste de Minas.

“Antes, a gente tinha um recurso de R$6 milhões que era repassado para os hospitais aqui da região. Hoje, o Governo de MInas investe R$36 milhões no Noroeste do estado. Então, após essa mudança nos critérios, atualmente baseado na assistência do hospital, o valor repassado multiplicou por seis,  aumentando consideravelmente o investimento na rede hospitalar daqui” detalha. 

Além do atendimento à população de Paracatu, o hospital também é referência no atendimento em urgência pediátrica para outras três cidades da região: Bonfinópolis de Minas, Riachinho e Dom Bosco.

Doação de sangue

Outra entrega realizada pelo Governo de Minas para a saúde de Paracatu foi a inauguração do Posto Avançado de Coleta Externa (Pace), da Fundação Hemominas. 

A nova unidade na região Noroeste se soma a outras três que foram abertas nesta semana: São Sebastião do Paraíso, região Sul/Sudoeste; Formiga, região Oeste, e Nova Lima, Região Metropolitana de Belo Horizonte.

A instalação de Postos Avançados de Coleta Externa tem o objetivo de ampliar o suporte e aproximar o doador das unidades de coleta de sangue em todo o estado, em municípios que ainda não contavam com unidades do Hemominas. 

O funcionamento da unidade de coleta é realizado por meio de parceria entre a Fundação Hemominas e as prefeituras e secretarias de Saúde dos municípios com mais de 50 mil habitantes.

O Posto de Coleta em Paracatu foi instalado no Centro de Especialidades Médicas Prefeito Diogo Soares Rodrigues. O Governo de Minas, por meio da Fundação Hemominas, investiu R$304 mil para a compra de equipamentos. 

A chegada de um Pace contribui para manter em níveis seguros os estoques de sangue da Rede Hemominas, para atendimento às necessidades hemoterápicas da população, já que amplia a possibilidade de conquistar e fidelizar novos doares. 

A Hemominas é responsável por mais de 90% das demandas transfusionais do estado e que atende emergências, cirurgias eletivas e pacientes com doenças hematológicas.