Catar 2022 está chegando

Em antecipação ao Catar 2022, há muitos tópicos que se tornaram populares. As equipes estão se preparando e os torcedores esportivos estão fazendo suas apostas nos jogos de hoje para estarem o mais bem treinados possível para a Copa do Mundo.

Após idas e vindas, e vários rumores, a FIFA esclareceu os comentários sobre possíveis extensões nos jogos da Copa do Mundo.Tudo começou quando o jornal italiano Corriere dello Sport lançou a notícia sobre mais uma eventual modificação para o campeonato de futebol mais importante do mundo, e que começaria a valer ainda esse ano no Catar. 

 

De acordo com o portal europeu, o presidente da Fifa, Gianni Infantino, planejava estender o tempo das partidas. Assim, considerando que os jogos de hoje em dia são de 90 minutos, a organização acrescentaria a duração até os 100 minutos. Tudo isso faria parte do desejo de tornar o campeonato mais espectacular do que até agora.

 

É importante lembrar que, para concretizar aquele projeto, introduzindo mais tempo efetivo nas partidas, seria preciso uma modificação na normativa da IFAB (International Football Association Board), organização responsável pela regulamentação do futebol.

 

Obviamente, como acontece com a maioria das notícias, o rumor se espalhou rapidamente pela mídia e nas redes sociais. De acordo com a notícia, seria o próprio desejo do presidente da Fifa “ter mais tempo a bola rolando” no campeonato a ser disputado no país asiático entre os dias 21 de novembro e 18 de dezembro.

 

O motivo da suposta decisão era a intenção de acabar com o tempo em que a bola fica parada, atento que tanto os espectadores quanto os meios de comunicação (com contratos de transmissão das partidas) pagam pelos 90 minutos e não pelos 50 que são efetivamente jogados.

 

A FIFA se pronuncia

Com a polémica gerada, foi preciso que a Federação Internacional de Futebol lançasse um comunicado esclarecendo a situação.

 

 Através da sua conta oficial de Twitter, FIFA Media, a organização disse que “após alguns relatos e rumores espalhados hoje, a Fifa gostaria de esclarecer que não haverá mudanças nas regras relativas à duração das partidas de futebol para a Copa do Mundo Fifa Qatar 2022 ou qualquer outra competição”.

 

A confusão pode ter sido gerado, segundo alguns meios de comunicação, pela recomendação feita pelo chefe de árbitros da FIFA, Pierluigi Collina, a respeito de que sempre seja adicionado um tempo extra nas partidas equivalente aos minutos perdidos por causa das paralisações.

 

No entanto, aquela recomendação não é nova, e não significa a modificação das regras do esporte, mas sim uma estrita aplicação das normas atuais.

 

Parece que essa edição do Campeonato Mundial se caracteriza por debates sobre mudanças. É bom lembrar sobre a proposta discutida, apenas algumas semanas atrás, relativa à possibilidade de realizar a Copa do Mundo a cada 2 anos e não a cada 4 como acontece atualmente.

 

Nesse caso, a FIFA também esclareceu que ela não tinha apresentado a proposta, mas sim tinha iniciado um estudo de viabilidade dessa redução temporal, proposta por 88% dos votos no último congresso da Federação. De fato, o estudo concluiu que é viável, produzindo claro algumas repercussões e impactos.   

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *