Guarani 0 x 2 Bahia – Um campeão no Z-4, outro no G-4


Guarani 0 x 2 Bahia – Um campeão no Z-4, outro no G-4

Bahia é terceiro colocado, com 33 pontos, enquanto o Guarani é o penúltimo com 17 pontos, na frente apenas do lanterna Vila Nova-GO

Este jogo foi transmitido, ao vivo, pelos Canais do Futebol Interior – WEB, Facebook e Youtube. Outra vez, o Guarani decepcionou a torcida.

Categorias: Futebol Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 16/07/2022

Guarani levou 1.º gol de cabeça. Foto: Thomaz Marostegan – GFC

Campinas, SP, 16 (AFI) – No confronto de dois campeões brasileiros, o Bahia se deu melhor em cima do Guarani e segurou a terceira posição ( G-4) na tabela do Campeonato Brasileiro da Série B ao vencer o Guarani, por 2 a 0, no início da noite de sábado no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, pela 18.ª rodada. Os gols foram marcados por Ignácio e Raí, um em cada tempo, e deixaram o time paulista ainda na zona de rebaixamento – Z-4. Este jogo foi transmitido, ao vivo, pelos Canais do Futebol Interior – WEB, Facebook e Youtube.

Invicto há quatro jogos o tricolor baiano soma 33 pontos, um na frente do Grêmio (32) em quarto lugar, e um atrás do Vasco, vice-líder com 34 pontos. O Cruzeiro lidera com folga, com 38 pontos. O novo tropeço deixou o Guarani com 17 pontos, na penúltima posição, ficando na frente somente do Vila Nova-GO, com 13 pontos.

Para vencer o Bahia usou uma estratégia conservadora. Marcou seu gol nos primeiros minutos e depois tratou de se defender, mesmo tendo poucas chances para usar os contra-ataques. Num destes raros lances, ampliou o placar na parte final do jogo. Ao Guarani faltou mais técnica e qualidade para tentar pontuar e fugir do Z-4.

GOL RÁPIDOO jogo parecia equilibrado, mas quem saiu na frente foi o Bahia, logo aos 11 minutos. Daniel cobrou escanteio e o zagueiro Ignácio apareceu no primeiro pau, fez o giro no alto e desviou de cabeça. O empate quase saiu aos 14 minutos, quando o Guarani avançou pelo lado direito e a bola sobrou na frente da área para o chute forte de Eduardo Person. A bola tocou no pé da trave direita do goleiro baiano.

O Bahia se manteve firme na marcação, pouco permitindo ao Guarani que só voltou a ameaçar aos

44 minutos, quando Bruno José cobrou escanteio e o meia Lucas Mugni, do Bahia, quase fez contra ao desviar na a bola na canela. O goleiro Danilo Fernandes deu um tapa na bola por cima do travessão.GOL ANULADO

O Guarani tentou pressionar no começo do segundo tempo e até marcou um belo gol com Nicolas Careca, aos seis minutos. Após falta levantada na área, o zagueiro Derlan ajeitou de cabeça para trás e Nicolas pegou primeira. Ele festejou muito seu primeiro gol pelo time, mas o lance foi anulado pelo VAR que indicou impedimento de Derlan.

O Guarani pouco criou e teve uma outra chance com o volante Rodrigo Andrade, lançado nas costas da defesa e que, desequilibrado, chutou em cima de Danilo Fernandes aos 29 minutos. O Bahia, que tinha feito a opção de apenas se defender, ampliou o placar nu contra-ataque.

O zagueiro Derlan perdeu a bola na saída e o Bahia avançou pelo lado esquerdo. Dentro da área, Lucas Mugni cruzou rasteiro, o goleiro Maurício Kozlinski não cortou e Raí, na pequena área, só completou de chapa aos 32 minutos.ÚLTIMA RODADA

Guarani tem chegado muito pouco no ataque. Foto: Thomaz Marostegan – GFC

Na quarta-feira, o Guarani encerra o primeiro turno diante da Chapecoense, na Arena Condá, enquanto o Bahia fecha o turno em casa diante do CRB na terça-feira.

FICHA TÉCNICA

Guarani 0 2 Bahia Fase: Única Rodada: 18ª Data: 16/07/2022 Hora: 6:30 pm Arbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ) Estádio: Brinco de Ouro Público: 3.457 (3.906 total) pagantes Endereço: Campinas (SP) Renda: R$ 72.810,00 Cartões Amarelos: Bahia: Djalma Dias e Lucas Mugni GOLS: Bahia: Ignácio 11’/1T e Raí 32’/2T Guarani

Maurício Kozlinski; Mateus Ludke, João Victor, Derlan e Matheus Pereira; Leandro Vilela, Silas (Rodrigo Andrade) e Eduardo Person (Marcinho); Bruno José (Lucas Venuto), Lucão do Break e Maxwell (Nicolas Careca).

Técnico: Mozart Santos Bahia

Danilo Fernandes; André (Douglas Borel), Ignácio, Didi e Gabriel Xavier; Luiz Henrique (Djalma Silva), Patrick de Lucca, Daniel (Miqueias) e Lucas Mugni; Raí (Marco Antônio), Matheus Davó (Rodallega).

Técnico: Enderson Moreira

Confira também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *