Copa do Brasil: Bahia nunca eliminou o Athletico-PR em mata-mata


Copa do Brasil: Bahia nunca eliminou o Athletico-PR em mata-mata

O Bahia tem pela frente um tabu contra o Athletico-PR. O Tricolor nunca eliminou o Furacão em partidas de mata-mata

Times se enfrentam no jogo de ida das oitavas da Copa do Brasil, marcado para quarta-feira (22), às 19h30, na Arena Fonte Nova

Categorias: Grandes clubes do Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 21/06/2022

Bahia tenta quebrar tabu na Copa do Brasil (Foto:/Divulgação/E.C. Bahia)

Salvado, BA, 21 (AFI) – Representando o Campeonato Brasileiro da Série B, o Bahia terá um tabu para quebrar contra o AtlheticoPR. O time baiano nunca eliminou os paranaenses em disputas de matamata. As equipes se enfrentam na quarta-feira (22), às 19h30, na Arena Fonte Nova, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Em três oportunidades o Tricolor de Aço acabou sendo eliminado pelo Furacão. Duas pela Copa do Brasil, em 1992 e 2011. E uma pela Copa Sul-Americana, em 2018, marcado por muita reclamação por parte dos baianos.

Pela Copa do Brasil, tanto em 92 quanto em 2011, o Bahia caiu nas oitavas para Athletico. No primeiro encontro o Tricolor chegou a empatar no Sul, por 0 a 0, mas acabou perdendo na Fonte Nova, por 2 a 1.

Na segunda oportunidade, em 2011, empatou em casa, no Estádio Pituaçu, por 1 a 1, mas na Arena da Baixada foi goleado por 5 a 0.

No campeonato continental, é lembrado pela atuação polemica do VAR. No jogo de ida, o Bahia chegou a marcar dois gols, com Ramires e Clayton, que foram posteriormente anulados pelo árbitro de vídeo. A partida acabou 1 a 0, para o Athletico, com gol de Pablo. No jogo de volta, o Bahia devolveu o resultado de 1 a 0 e nas penalidades acabou sendo eliminado.

ÚLTIMOS JOGOS

Por outro lado, o Bahia defende um bom retrospecto contra o Athletico-PR. Dos últimos três confrontos entre as equipes, só deu vitória do Tricolor. A última pela Série A de 2021, em plena Arena da Baixada, o Bahia venceu por 2 a 0. Partida que marcou a estreia de Guto Ferreira, no comando do Esquadrão.

Confira também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *